Novas Regras Seguro Desemprego 2020: Guia Completo

Não é novidade para ninguém a crise que nosso país enfrenta. Mais de 27,5 milhões de pessoas estão desempregadas no país e esse índice é alarmante. Novas Regras Seguro Desemprego 2020 foram impostas para ajudar esses candidatos que não estão encontrando perspectiva diante do quadro. Quer saber mais das novas Regras Seguro Desemprego 2020? Acompanhe!

Novas Regras Seguro Desemprego 2020

Novas Regras Seguro Desemprego 2020

Então acompanhe a matéria e entenda o benefício que pode ser uma “muleta” enquanto não há recolocação no mercado.

Seguro Desemprego 2020

O Seguro Desemprego 2020 é um direito do trabalhador que foi demitido sem justa causa. Esse programa do Governo disponibiliza ajuda em dinheiro por certo período para que o profissional não fique desamparado enquanto procura uma nova oportunidade.

Esse benefício é pago de três a cinco parcelas de forma contínua ou alternada, de acordo com o tempo trabalhado. Quem tem direito ao Auxílio Desemprego 2020?

  • O profissional que foi dispensado sem justa causa;
  • O profissional com contrato de trabalho suspenso em virtude de participação em curso ou programa de qualificação profissional oferecido pelo empregador;
  • O profissional que trabalha com pesca e que foi demitido durante o período do defeso;
  • Qualquer pessoa que tenha sido resgatada da condição semelhante à de escravo.

Ultimamente, alguns requisitos do Seguro Desemprego foram alterados. Confira no próximo tópico as novas regras Seguro Desemprego 2020 e se você se encaixa no perfil de beneficiário.


Novas Regras Seguro Desemprego 2020

Agora que você já sabe como funciona o Seguro, entenda quais são as novas regras estabelecidas para o trabalhador que foi demitido sem justa causa de suas tarefas.

  • Segundo a regra antiga, o trabalhador deveria exercer a atividade remunerada por 06 meses. Agora, segundo a nova regra Seguro Desemprego, 18 meses no mínimo, para solicitar o primeiro seguro;
  • Caso ele esteja solicitando pela segunda vez o benefício, deverá trabalhar no mínimo por 12 meses;
  • Se for sua terceira solicitação, deverá ter trabalhado com carteira assinada por 6 meses.
  • Se for a quarta ou quinta solicitação, é necessária a comprovação de 6 meses de trabalho.

Mesmo sabendo as novas regras do Seguro Desemprego 2020, você precisa saber se se encaixa no perfil das pessoas que tem direito ao benefício. Sempre lembre-se das considerações do primeiro tópico antes de procurar seus direitos.


Agendamento Seguro Desemprego 2020

Uma das novas orientações sobre o Seguro Desemprego 2020 é que ele não pode mais ser feito comparecendo direto a uma unidade de recebimento do benefício. Isso facilita muito para os cidadãos pois eles realizam o procedimento sem sair de casa e ao chegar na unidade, já está com tudo encaminhado para sua solicitação. Veja como é fácil agendar:

Como dar entrada no Seguro Desemprego pela internet

  • Entre no site do Agendamento clicando aqui;
  • Preencha as informações sobre a sua localidade e clique em “Prosseguir”;
  • Na aba “Tipo de atendimento” escolha “Entrada no Seguro Desemprego”;
  • Preencha o código de segurança e clique em Prosseguir.’

Após esse procedimento, você será redirecionado a uma página onde deve acessar o ícone de agendamento e informar ao programa qual é a melhor data para você levar os documentos solicitados. Não esqueça da data e aproveite seu benefício sem a necessidade de enfrentar filas..


Novos valores Seguro Desemprego 2020

Todo ano, o valor do Seguro Desemprego sofre um reajuste. E esse ano não é diferente. Segundo o site da Caixa Econômica, para calcular o valor do Seguro, você deverá considerar a média dos salários dos últimos 3 meses anteriores à dispensa.

Para profissionais na área da pesca artesanal, empregado doméstico e o trabalhador resgatado, o valor é de 1 salário mínimo. Para realizar os cálculos, o trabalhador deverá seguir a seguinte fórmula, lembrando que ela é atualizada anualmente:

Faixa de Salário médio                   Valor da parcela

Até R$ 1450,23                                Multiplica-se o salário médio por 0.8 (80%)

De R$ 1450,24 a R$ 2417,29        Multiplica-se o salário por 0.5 (50%) e soma-se a 1.160,18

Não se esqueça de que esse cálculo representa uma base para o trabalhador. A conta dependerá muito do salário médio recebido nos últimos 3 meses e do valor de reajuste anual disponibilizado pela Caixa nesse site.


Como receber o Seguro Desemprego 2020?

De acordo com as novas regras , para receber o Auxílio Desemprego 2020, o candidato deverá seguir algumas recomendações básicas. Essas regras serão explicadas nesse tópico e você poderá seguir esse tutorial para saber como dar entrada no seu Seguro.

  • Se você se enquadra nas condições citadas como requisitos para ter acesso ao benefício, vá até o SRTE – Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego, SINE – Sistema Nacional de Emprego e outros postos credenciados pelo MTb – Ministério do Trabalho.
  • Se a sua conta for conta Poupança ou conta Caixa Fácil, a parcela será creditada automaticamente, com a ressalva de que sua conta esteja em movimento e possua saldo.

O benefício pode ser retirado também em qualquer agencia correspondente Caixa, em casas Lotéricas ou no Autoatendimento da Caixa. Você precisará ter consigo o Cartão do Cidadão, com senha cadastrada​.


Telefone 0800 Caixa

Se você quiser obter mais informações sobre novas regras do Seguro Desemprego 2020, entre em contato com a Caixa Econômica nos canais de comunicação abaixo:

  • Telefone Caixa: 08007260207
  • Site oficial do benefício: Clique aqui

Em breve as informações referentes as novas regras do Seguro Desemprego 2020 serão atualizadas.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.67
Total de Votos: 3

Novas Regras Seguro Desemprego 2020: Guia Completo

Leave a Reply